a Brevidade da vida featured

A Brevidade da Vida

15:03:00Saulo Brunello



Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa. Ao invés disso, deveriam dizer: "Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo". Tiago 4:14-15 (NVI)

Lendo a epístola de Tiago, reflito, e muito, através destes versículos sobre a brevidade da vida.

De fato, não sabemos o que nos irá acontecer amanhã ou depois.

Há um fator de imprevisibilidade na nossa vivência. Fator que Tiago expõe com uma clareza gigante.

Penso que o fato de nossa vida ser como a neblina que aparece e em breve desaparece, deveria gerar em nós um senso mais profundo de existência.

Um senso de fazermos o que tem significado diante da Palavra de Deus, e não nos perder em nossos planos, que muitas vezes, não nos levam a lugar nenhum.
 

Um senso de aproveitamento de tempo, não no sentido de apenas “produzir” algo, mas sim, de vivenciar com sabedoria e qualidade espiritual os nossos dias que são breves.

E assim como Tiago orienta, devemos submeter nossa vida em obediência a Deus e Sua vontade.

Colocar todos os nossos direcionamentos na Presença de Deus, e saber se de fato, esses direcionamentos estão de acordo com a vontade de Deus. E essa falta, de consciência, tem sido origem de grandes crises internas que vivenciamos.

O fato de vivermos a ansiedade da vida, tentando fazer planos miraculosos para resolver os nossos problemas, muitas vezes nos tiram da realidade do dia-a-dia da vida cristã.

E nos afastam daquilo que deveria ser prioridade para nós: viver no Centro da Vontade de Deus.

Por isso hoje te proponho a pensar nesta brevidade de vida.

Como você tem aproveitado seu tempo? E seus planos, você pede orientação a Deus para saber se é isso que Ele quer para você?

Qual é o significado que você tem dado a sua existência?

Reorganize as rotas, corrija os caminhos, mas faça algo, além disso: priorize a Soberania de Deus.

Entregue a Ele sua vida, confiando na orientação dEle.

Apesar da brevidade dos dias, devemos viver e pautar a nossa vida em um relacionamento com Deus, de forma que a nossa vida seja para a Glória dEle sempre.

E nessa “entrega” a Deus está a nossa alegria e felicidade.

Minha oração: “Senhor, ensina-me a viver a brevidade dos meus dias com sabedoria, para que eu possa caminhar contigo. Que meus planos, sonhos e intenções estejam de acordo com a Tua Vontade para minha vida. Eu entregue a ti a brevidade dos meus dias, para que eu possa servir o Teu Reino, em Nome de Jesus. Amém.”

Pense nisso!

Em amizade e oração!

Marco Aurélio Cicco.

You Might Also Like

0 comentários

Mensagens Mais Lidas

Pensamentos e Reflexões Cristãs

Formulário de contato