Daivson featured

QUANDO O SOFRIMENTO É EM VÃO

22:20:00Saulo Brunello



O sofrimento é algo real na vida de todos os seres humanos. Todos igualmente somos afligidos em algum momento de nossas vidas, seja por doença, por rompimentos, por provas diárias, por cargas excessivas a suportar, pela morte e por muitas outras coisas. Não é preciso ser um cristão para sofre-las, apenas humano, esse é o requisito necessário para se sofrer, e todos o temos.
Porém há um sofrimento que é típico de um cristão, e só nós possuímos o “privilégio de, não apenas crer em Cristo, mas também de sofrer por ele.” Filipenses 1:29. O privilégio do sofrimento é um complexo paradoxo que levamos a vida inteira para entendê-lo, mas todo cristão se alegra em saber “que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança.” Romanos 5:3,4. Sofrer por Cristo é a nossa coroa e glória nessa terra.
Mas o que se torna então sofrer em vão? 
Não é de hoje que escuto de diversos irmãos que as “lutas” estão grande. Seja no trabalho, na faculdade ou escola, ou em casa. Há pessoas que dizem ser afligidas no trabalho, porém não é pelo nome de Cristo, é simplesmente pelo fato de que o trabalho realizado não está sendo plenamente satisfatório, porém a “síndrome do filho do rei” o faz acreditar que o problema é sempre no outro, e esse “sofrimento” que ela passa só pode ser “seta do maligno.”
Há outros jovens que se dizem subjugados no ambiente acadêmico, porém não é pelo fato dele falar de Cristo em qualquer oportunidade que lhe apareça, e sim pelo seu ar superior, pois julga ter capacidade maior do que o descrente, julga ser apto a realizar todas as mais difíceis tarefas, julga que sua opinião deve prevalecer sobre as do demais. Não é por Cristo que esse jovem sofre, não é tribulação que ele passa, é mais um vão sofrimento que ele insiste em canonizar.
O que dizer daquele que se sentem afligidos pelos familiares, não muçulmanos, apenas mais uma tradicional família brasileira. Alguns dizem que é difícil ser cristão em uma família que não professa da mesma fé. Realmente para algumas dessas famílias deve ser difícil ter um hipócrita tão grande em sua casa. Alguém que vai a igreja semanalmente e ouve sobre amor e servir, e não o pratica em seu lar, é um grande hipócrita. A grande aflição fica por conta de seus familiares, que ficam com a visão distorcida sobre “a elevada moral” que o familiar religioso diz ter.
Irmãos sabemos que sofreremos, e devemos sofrer, porém que nosso sofrimento não seja em vão, seja por causa de Cristo, de Cristo em nosso caráter. Pois é esse típico sofrimento cristão que nossos primeiros irmãos tiveram, e nele foram aperfeiçoados. Que as tempestades que enfrentaremos não venha ser pelo nosso mau manejo do nosso leme, mas pelas marcas e glória de nosso Senhor e Rei Jesus Cristo. Podemos ver maior manifestação de amor e poder de Jesus na tempestade do que na bonança. 

Daivson Barbosa

You Might Also Like

2 comentários

Mensagens Mais Lidas

Pensamentos e Reflexões Cristãs

Formulário de contato