Beniginidade featured

Fruto do Espírito: Benignidade

16:58:00Marco Cicco



“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança” (Gálatas 5:22).


A benignidade, no Antigo e Novo Testamento, é expressa como amor constante em ação. Seu significado tem como emoção e ação. Emoção porque seus sentimentos provêm do amor e do Espírito Santo e ação porque suas atitudes demonstram tudo que há dentro de si. Resumindo, o amor constante expresso em ação como “bondade” e “misericórdia”, por exemplo, é benignidade.

Deus deseja que todo cristão seja benigno uns para com os outros (Ef 4:32). E espera que o cristão manifeste bondade fraternal mesmo em meio as provações (Cl 3:12), e também como o Fruto do Espírito (Gl 5:23).

E vós também, pondo nisto mesmo toda a diligência, acrescentai à vossa fé a virtude, e à virtude a ciência, E à ciência a temperança, e à temperança a paciência, e à paciência a piedade, E à piedade o amor fraternal, e ao amor fraternal a caridade.

Porque, se em vós houver e abundarem estas coisas, não vos deixarão ociosos nem estéreis no conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo.” (2 Pedro 1:5-8). 

A benignidade é uma virtude que se deve ser acrescentada da fé, pois sem fé é impossível agradar a Deus (Hb 11:6).

Como lemos acima, a fé produz virtude, temperança, paciência e amor.

Jesus é o maior exemplo de benigno que existiu, mesmo na provação, perseguição que deve na sua vida aqui na terra, se manteve firme e mesmo quando corrigiu os fariseus, fazia com muito amor e bondade. E é assim que devemos reagir no dia a dia, ser bondoso e misericordioso com nossos irmãos e até com aqueles que são mais “duros de coração”.

Benignidade não é uma reação natural humana, mas deve ser desenvolvida no cristão para que ele possa ministrar a outras pessoas em nome de um Deus amoroso. Por isso devemos “nascer de novo” e como resposta a esse “novo nascimento” o cristão reflete o Reino de Deus naquilo que diz. As Palavras que saem da sua boca são sábias e bondosas. Sabemos que palavras podem ferir e deixar cicatrizes profundas, por isso devemos falar com a “voz do Espírito” para que penetre no coração como uma espada de dois gumes e chegue até a alma.

Minha oração nesse dia é que o Senhor penetre em seu coração todo amor e benignidade e tire todo medo. Que suas palavras e ações sejam apenas uma consequência pelo que o Espirito Santo tem feito em sua vida.



Graça e Paz!




Wélber dos Santos

You Might Also Like

0 comentários

Mensagens Mais Lidas

Pensamentos e Reflexões Cristãs

Formulário de contato