apologética discernimento

Não Toque No Ungido do Senhor

23:13:00Marco Cicco



Atualmente no meio evangélico ouvimos de alguém quando é confrontado com a Bíblia o Não julgueis e também este jargão que iremos estudar agora, o “Não Toqueis no Ungido do Senhor”, na Bíblia a varias passagens parecidas, porém a que é mais usada é esta:




“E disse aos seus homens: O SENHOR me guarde de que eu faça tal coisa ao meu senhor, ao ungido do SENHOR, estendendo eu a minha mão contra ele; pois é o ungido do SENHOR”. (1 Samuel 24:6)



No meio evangélico essa passagem é mal interpretada, aplicando esse ensino a pastores, bispos, reverendos, de nossos dias, usam essa passagem para justificar que esses líderes eclesiásticos não podem ser contrariados, questionados, ou seja, deve obediência cega a esses líderes. É como se essa passagem mal interpretada fosse algo como um escudo para estes líderes que ensinam varias heresias sem serem questionados.

Uma observação muito importante é que primeiramente o texto não proíbe que nos levantemos contra um líder herético, pois lendo mais adiante no versículo 15: "O Senhor, porém, será juiz, e julgará entre mim e ti, e verá, e advogará a minha causa, e me defenderá da tua mão." (1 Samuel 24:15)

Veja como a mal interpretação evangélica é desfeita no versículo acima, o texto não proíbe ninguém de ser questionado só pelo motivo de ser um “líder”, Davi não matou Saul por que não queria ser culpado de ter matado uma pessoa que foi colocada pelo próprio Deus para liderar, mesmo que este governava de forma errada. 

A segunda observação é que a maioria dos evangélicos esquecem de que o texto fala sobre violência física, dano de morte, e não de discordância de ideias. No versículo 15 mesmo, vemos o que Davi disse ao rei Saul, e isso está longe de ser “tocar no ungido”, falar e tocar são duas coisas completamente diferentes.

Temos mais um exemplo que podemos ver que o não toqueis é bem diferente do que creem a maioria dos evangélicos por ai, veja que Davi confrontou Saul, se a interpretação evangélica estivesse certa jamais Davi agiria dessa forma: "Julgue o Senhor entre mim e ti, e vingue-me o Senhor de ti; porém a minha mão não será contra ti." 1 Samuel 24:12

Mais uma vez vemos Davi dizendo que o senhor julgue ele e ainda mais, pediu ao Senhor que o vingasse!

Não tem como alguém usar a desculpa do “não julgueis” após a explicação acima. Claro que temos que respeitar nossos líderes, aceitar seus conselhos até o ponto em que estiverem de acordo com a Bíblia. E se estiverem fora dos ensinos Bíblicos devemos seguir o que Paulo disse:

"Não aceites acusação contra o presbítero, senão com duas ou três testemunhas.Aos que pecarem, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor." (1 Timóteo 5:19,20)

Note mais uma vez que se o entendimento da maioria dos evangélicos estivesse correto sobre o não julgueis, Paulo jamais recomendaria que a igreja fizesse isso com os presbíteros que devem ser repreendidos publicamente. Em nenhum lugar do NT encontramos os apóstolos recorrendo a justificativa do “Não toque no ungido”.

Vamos ver agora um exemplo em que Paulo passou momentos difíceis nas mãos dos crentes da igreja de Corinto:

"Já estais fartos! já estais ricos! sem nós reinais! e quisera reinásseis para que também nós viéssemos a reinar convosco! Porque tenho para mim, que Deus a nós, apóstolos, nos pôs por últimos, como condenados à morte; pois somos feitos espetáculo ao mundo, aos anjos, e aos homens. Nós somos loucos por amor de Cristo, e vós sábios em Cristo; nós fracos, e vós fortes; vós ilustres, e nós vis. Até esta presente hora sofremos fome, e sede, e estamos nus, e recebemos bofetadas, e não temos pousada certa,E nos afadigamos, trabalhando com nossas próprias mãos. Somos injuriados, e bendizemos; somos perseguidos, e sofremos;Somos blasfemados, e rogamos; até ao presente temos chegado a ser como o lixo deste mundo, e como a escória de todos. Não escrevo estas coisas para vos envergonhar; mas admoesto-vos como meus filhos amados. Porque ainda que tivésseis dez mil aios em Cristo, não teríeis, contudo, muitos pais; porque eu pelo evangelho vos gerei em Jesus Cristo. Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores." 1 Coríntios 4:8-16

Paulo não recorreu ao famosos jargão aos corintos, ele fez diferente, ele seguiu o que está escrito em 1Pe 3:15: “Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós”.

E para finalizar, se a interpretação da maioria dos evangélicos estivesse correta, a passagem abaixo estaria errada: “E até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós”.1 Coríntios 11:19



Que o Senhor abençoe seu dia, sua semana e sua vida


Lauro César Serrano

You Might Also Like

0 comentários

Mensagens Mais Lidas

Pensamentos e Reflexões Cristãs

Formulário de contato